Design e programação criativa na web.

Archive for the ‘adobe’ Category

Subpixel Rendering e Subpixel Hinting

Subpixel rendering

Anti-Aliasing and Sub-Pixel Hinting

A tipografia na web começa a dar agora os primeiros passos com as chamadas web fonts. Tanto utilizando flash, javascript ou plataformas como Google Font Directory, Cufón ou TypeKit. De repente abriu-se um novo mundo para os utilizadores e criadores web no que diz respeito à liberdade tipográfica.

Mas apesar de termos agora á nossa disposição uma vasta colecção de webfonts criadas a pensar na web e nos monitores de hoje em dia, ainda encontramos vários problemas que não existem, por exemplo, em off-line.

A tipografia impressa desfruta de altas resoluções (DPI) com o qual consegue mostrar todos os detalhes de uma tipografia. Ao contrario, nos ecrãs de hoje em dia sofremos com os pixeis “fora-de-sitio” e curvas quebradas e pixeladas. Em grande parte devido a baixa resolução da maioria dos ecrãs de hoje em dia (PPI).

A adobe tem algumas ferramentas para tentar resolver este assunto. Por exemplo, o Photoshop. O Photoshop usa uma técnica para suavizar o texto que consiste em vários pixeis acrescentados em diversos tons de cinzento mas não fusionando diferentes canais. Aqui entra em acção uma técnica chamada Subpixel Rendering.

O que é o Subpixel Rendering

Cada pixel apresentado no monitor consiste em 3 cores diferentes: o vermelho, o verde e o azul (RGB). A luminosidade destes subpixels controlada independentemente dá-nos a ilusão de um só pixel colorido e sólido.

O Subpixel Rendering explora a individualidade de cada componente de uma só cor para a aumentar a percepção de resolução do monitor. Consiste no alinhamento perfeito de uma grelha de pixeis e dos seus valores de luminosidade e cor independentes.

Subpixel-hinting no Photoshop

Apesar de o photoshop ter uma forma para isto, esta não utiliza os diferentes canais para criar um anti-alias perfeito, mas sim diferentes tons de cinzentos.

Thomas Maier utiliza uma técnica que facilita a utilização do Subpixel-hinting no Photoshop. Basicamente é uma acção que junta todos os passos necessários para recriar esta “ilusão” de uma maior definição do monitor.

–> Podem descarregar aqui
a sua acção para o photoshop, ou bem, visitar o seu site.

Se querem saber mais sobre este assunto, a Smashing Magazine tem um artigo muito completo sobre o Subpixel Rendering.

Anúncios

Air Games for Android

Desde que se que saíu a nova versão do Adobe Flash CS5 da Adobe que podemos usar a extensão AIR for Android para fazer aplicações para os terminais android. Isto abre imensas portas para os “flasheiros” de todo o mundo. Aqui fica um video de Lee Brimelow com alguns dos melhores jogos para Android feitos com AIR.

Apple volta atrás na proibição

A apple parece voltar atrás no que tinha dito sobre o uso de otras ferramentas , para além do C++/ Objective C, para desenvolver aplicações para os seus terminais moveis.
Steve Jobs justifica esta decisão com os conselhos dados por alguns dos engenheiros e programadores e também de certeza pela pressão mediatica que outras empresas concorrentes, como a Google, impõe no mercado de telefonia da Apple.
Assim sendo, parece que os programadores que usam o actionscrit 3.0 como base podem dar-se por contentes. Vamos ver até que ponto as aplicações serão aprovadas na App Store. É esperar para ver.

Deixo-vos algo mais de informação: http://blog.theflashblog.com/?p=2325

Apple proíbe Flash cs5 no iPhone

Steve Jobs
Apple proíbe qualquer applicaçao que nao seja desenvolvida com o seu SDK.
Todas as aplicaçoes que se façam através do novo exportador para iPhone do flash cs5 nao poderao ser distribuidas para este terminal da Apple. Neste grupo de aplicaçoes encontramos para além do Flash cs5, o Appcelerator ou Unity3d por exemplo.

Num exemplo de claro monopólio e claro desprezo pelo publico e programadores, a Apple demonstra mais uma vez que, ou se fazem á sua maneira ou nao se fazem.

Uma medida que nao se entende visto que todas as companhias estao a abrir para o opensource como forma de captar novos talentos e abranger novos mercados. Adobe é um exemplo disso.

Resumindo, uma verdadeira pena.
P.S.: O que seria se a Adobe proibisse as suas aplicaçoes nos productos de Apple?

Deixem a vossa opiniao.

New Adobe Suite CS5

CS5 New Launch

CS5 New Launch

The new Release of the Adobe Creative  Suite is almost here. 17 days left to enjoy the new enhancements in the most valuable package of creativity/production programs available.

A nova versao da Adobe Creative  Suite está quase aí. Faltam 17 dias para disfrutar das novas funcionalidades no pacote de programas de criatividade/producçao mais valorado.

Lançamento do Adobe CS4!

O novo Adobe CS4 já foi apresentado e as novas funcionalidades de todos os softwares são, como menos, essenciais. Algumas das novas ferramentas nos já conhecidos programas da adobe são fantásticas. De todas destaco a capacidade 3d e inverse kinematics do Flash CS4, a exportação em CSS válido do Fireworks e a facilidade de trabalhar com javascript no Dreamweaver. Esperemos só mais uns dias para que o produto esteja disponivel para venda no seu site.

Aqui fica o video da apresentação.

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

Parte 5

Também podem ver no site da Adobe:
http://tv.adobe.com/#vi+f1556v1715

Nuvem de etiquetas